Acesso à informação
Suporte

Você está aqui

Cursos já ofertados

Confira aqui todos os cursos ofertados anteriormente pelo Sistema UNA-SUS, atualmente com matrículas encerradas.

O curso é oferecido pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), integrante da Rede Universidade Aberta do SUS. A iniciativa é do Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), em parceria com a UNA-SUS.

O objetivo é capacitar médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem em todo o Brasil.

Nesse curso, serão apresentados os aspectos relacionados ao papilomavírus humano, bem como a sua relação com o câncer do colo do útero. Os profissionais de saúde serão instruídos, ainda, sobre as ações necessárias à operacionalização da vacinação e os aspectos relacionados ao registro nominal da vacinação e à cobertura vacinal.

Este curso disponibiliza duas modalidades de participação: 

"Acesso como Visitante Identificado" e  "Matrícula para certificação".

Inscrições:  inscrições encerradas! 

Carga Horária deste curso: 15 horas.

 

Tecnologias Assistivas

A Universidade Federal de Minas Gerais, integrante da Rede da Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS), oferece quatro cursos sobre o tema geral “Uso Terapêutico De Tecnologias Assistivas” que tem como objetivo promover a atualização sobre o emprego das tecnologias no âmbito da habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência.

As capacitações fazem parte das ações estratégicas do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência - Viver sem Limite, criado pelo Governo Federal, em 2011, para promover o exercício pleno e equitativo dos direitos das pessoas com deficiência.

As informações podem ser obtidas pelo site: https://www.nescon.medicina.ufmg.br/cursos/

Os cursos são produzidos e oferecidos pelo Núcleo de Educação em Saúde Coletiva da Universidade Federal de Minas Gerais (Nescon/UFMG) em parceria com o Ministério da Saúde, Secretaria da Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde (SGETS/MS), Secretaria de Atenção à Saúde (SAS) e Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS).

 

Direitos das pessoas com deficiência e habilidade física e autonomia motora

O objetivo é promover a atualização sobre o uso terapêutico das tecnologias assistivas no âmbito da habilitação e da reabilitação das pessoas com deficiência, enfocando habilidade física e autonomia motora com utilização das órteses, próteses e meios auxiliares.

Essa formação engloba ainda uma discussão inicial sobre os direitos das pessoas com deficiências - assim como todas as que pertencem ao mesmo conjunto.

 Matrículas: encerrada! 

 Carga horária: 30 horas

 Público-alvo: aberto a todas as pessoas com interesse em ampliar seus conhecimentos sobre habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência.

 Temas abordados: Contexto e pressupostos: pessoas com deficiências, direitos, políticas públicas e inclusão social; A atenção à saúde das pessoas com deficiência; Habilidade física e motora.

 Certificação: concluída a avaliação final com resultado de, pelo menos, 60% dos pontos distribuídos, a declaração de conclusão é emitida online.

 

Direitos das pessoas com deficiência e visão

O objetivo desse módulo é promover a atualização dos participantes sobre o emprego dessas tecnologias no âmbito da habilitação e da reabilitação de cegos e pessoas com baixa visão.

 Matrículas:  encerrada! 

 Carga horária: 30 horas

 Temas abordados: aspectos epidemiológicos da baixa visão e perda visual; avaliação oftalmológica na baixa visão – criança com baixa visão, exame refracional, avaliação visual na criança; estratégias de reabilitação visual – métodos de magnificação da imagem, uso de auxílios, perda do globo ocular, classificação da cavidade anoftálmica congênita ou adquirida; e trabalho protético e acompanhamento – síndrome da cavidade anoftálmica e condições e cuidados com próteses oculares.

 Público-alvo: aberto a todas as pessoas com interesse em ampliar seus conhecimentos sobre habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência.

 Certificação: concluída a avaliação final com resultado de, pelo menos, 60% dos pontos distribuídos, a declaração de conclusão é emitida online.

 

Direitos das pessoas com deficiência e audição

O objetivo desse módulo é promover a atualização dos participantes sobre o emprego dessas tecnologias no âmbito da habilitação e da reabilitação de surdos e pessoas com comprometimentos auditivos nos mais diversos graus.

 Matrícula: encerrada! 

 Carga horária: 30 horas

 Temas abordados: prescrição – audição e perdas auditivas, diagnóstico audiológico, aparelho de amplificação sonora individual e tecnologias auxiliares; habilitação e reabilitação funcional da audição – e casos clínicos

 Público-alvo: aberto a todas as pessoas com interesse em ampliar seus conhecimentos sobre habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência.

 Certificação: concluída a avaliação final com resultado de, pelo menos, 60% dos pontos distribuídos, a declaração de conclusão é emitida online.

 

Direitos das pessoas com deficiência e ampliação da comunicação

O objetivo desse módulo é promover a atualização dos participantes sobre o emprego dessas tecnologias no âmbito da habilitação e da reabilitação de pessoas com capacidade de comunicação limitada e/ou comprometida.

 Matrícula: encerrada! 

 Carga horária: 30 horas

 Temas abordados: Comunicação aumentativa e alternativa – sistemas de comunicação aumentativa e alternativa, pranchas de comunicação, recursos e adaptações; recursos para acesso ao computador – etapas no desenvolvimento de atividades com o computador, acessibilidade ao computador; para pessoas de baixa visão e cegueira (leitor de tela); e casos clínicos.

 Público-alvo: aberto a todas as pessoas com interesse em ampliar seus conhecimentos sobre habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência.

 Certificação:  concluída a avaliação final com resultado de, pelo menos, 60% dos pontos distribuídos, a declaração de conclusão é emitida online

 

Outras informações pelo telefone (31) 3409-9936 e também pelo https://www.nescon.medicina.ufmg.br/cursos/

 

Projeto de Qualificação em Nefrologia Multidisciplinar

A Universidade Federal do Maranhão, integrante da Rede UNA-SUS (UNA-SUS/UFMA), oferece três cursos sobre Nefrologia. A iniciativa de formação em larga escala faz parte do Projeto de Qualificação em Nefrologia Multidisciplinar, fruto de uma parceria com as Secretarias de Atenção à Saúde (SAS) e de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde, e conta com o apoio da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), por meio do Departamento de Prevenção de Doenças Renais. O objetivo é capacitar profissionais de saúde no âmbito da Atenção Básica visando o cuidado integral e ações de prevenção à doença renal.

Os cursos são destinados a profissionais de saúde vinculados ao SUS. As inscrições estão abertas até 30 de novembro e podem ser realizadas pelo site da UFMA: https://moodle2.ufma.unasus.gov.br/#/courses/2.

Para se certificar nos cursos, o aluno deverá realizar as atividades propostas com aproveitamento igual ou superior a 70%.

Saiba mais:

Estratégias de Prevenção da DRC em Pacientes dos Grupos de Risco

O curso discute aspectos teóricos relacionados às intervenções para a promoção da saúde e prevenção DRC em grupos de risco. São tratadas questões a respeito da identificação de aspectos relevantes para a realização do diagnóstico precoce, bem como detecção e correção de causas que contribuem para a evolução da doença.

 Inscrições: encerradas!

 Público-alvo: profissionais de saúde, com nível médio ou superior, atuantes no Sistema Único de Saúde (SUS).

 Carga horária: 30 horas.

Identificação dos Grupos de Risco para DRC

O curso Identificação dos Grupos de Risco para DRC apresenta o cenário nacional e mundial da doença renal crônica, bem como o perfil epidemiológico dos pacientes e os fatores de risco que podem contribuir para o desencadeamento da doença nos diversos grupos populacionais.

 Inscrições: encerradas!

 Público-alvo: profissionais de saúde, com nível médio ou superior, atuantes no Sistema Único de Saúde (SUS).

 Carga horária: 30 horas.

Política Nacional de Atenção ao Portador de Doença Renal

O curso apresenta as diretrizes prioritárias do Ministério da Saúde relacionadas à organização das ações de Atenção às Doenças Renais no SUS, assim como a definição, epidemiologia, classificação e critérios para o diagnóstico da enfermidade. Aborda ainda os direitos e programas assistenciais voltados para o atendimento aos pacientes renais.

 Inscrições: encerradas!

 Público-alvo: profissionais de saúde, com nível médio ou superior, atuantes no Sistema Único de Saúde (SUS).

 Carga horária: 30 horas

 

Diagnóstico da DRC

O curso tem como objetivos descrever os critérios diagnósticos para a doença renal crônica e os grupos de risco, as estratégias para retardar a progressão da doença e as particularidades da DRC na população pediátrica.

 Inscrições: encerradas! Aunos podem finalizar o curso, até 31 de outubro, pelo link.

 Público-alvo: profissionais de saúde, com nível médio ou superior, atuantes no Sistema Único de Saúde (SUS).

 Carga horária: 30 horas.

 

Manejo clínico de paciente com DRC - módulo básico

Este curso tem como objetivos descrever os estágios e os principais fatores de progressão da doença renal crônica, os métodos de avaliação para o diagnóstico nutricional bem como apresentar os medicamentos mais utilizados nas diferentes modalidades de tratamento da DRC.

 Inscrições: encerradas! Aunos podem finalizar o curso, até 31 de outubro,  pelo link.

 Público-alvo: profissionais de saúde, com nível médio ou superior, atuantes no Sistema Único de Saúde (SUS).

 Carga horária: 30 horas.

Manejo clínico de paciente com DRC - módulo avançado

O curso tem como objetivo descrever as principais intercorrências clínicas e condutas para retardar a progressão da DRC e controlar as complicações associadas à doença.

 Inscrições: encerradas! Aunos podem finalizar o curso, até 31 de outubro, pelo link.

 Público-alvo: profissionais de saúde, com nível médio ou superior, atuantes no Sistema Único de Saúde (SUS).

 Carga horária: 30 horas.

Terapia Renal Substitutiva

O curso aborda as terapias renais substitutivas: hemodiálise, diálise peritoneal e transplante renal, bem como suas indicações, contra- indicações e legislação relacionada a tais procedimentos. Também serão abordadas as ações educativas que podem ser realizadas para a promoção da qualidade de vida do paciente com doença renal crônica.

 Inscrições: matrículas poderão ser realizadas de 05/07/2016 a 30/11/2016, pelo link.

 Público-alvo: profissionais de saúde

 Carga horária: 30 horas

Abordagem nutricional ao paciente com DRC

Neste curso, serão apresentadas a avaliação e diagnóstico nutricional na doença renal crônica (DRC), bem como as principais estratégias nutricionais para a prevenção e controle da DRC nos grupos de risco e na população em geral.

 Inscrições: matrículas poderão ser realizadas de 05/07/2016 a 30/11/2016, pelo link.

 Público-alvo: profissionais de saúde

 Carga horária: 30 horas

Abordagem farmacêutica na DRC

Este curso trata dos medicamentos mais utilizados no tratamento da doença renal crônica (DRC), suas reações adversas, modos de conservação e armazenamento e sobre a importância da adesão terapêutica. Discorre ainda sobre as principais drogas nefrotóxicas utilizadas na prática clínica, seus mecanismos de toxicidade renal e medidas nefroprotetoras.

 Inscrições: matrículas poderão ser realizadas de 05/07/2016 a 30/11/2016, pelo link.

 Público-alvo: profissionais de saúde

 Carga horária: 30 horas

Interdisciplinaridade no cuidado ao paciente com DRC

Este curso apresentará a constituição de uma equipe interdisciplinar e suas atribuições junto ao portador de doença renal crônica (DRC).  Além disso, abordaremos aspectos sobre a aplicação dos princípios da PNH junto ao paciente com doença renal crônica, à família e à equipe de saúde.  Também será apresentada a realidade vivenciada por famílias quando um dos membros apresenta o diagnóstico de DRC.

 Inscrições: matrículas poderão ser realizadas de 05/07/2016 a 30/11/2016, pelo link.

 Público-alvo: profissionais de saúde

 Carga horária: 30 horas

 

 

Organização de Serviços para atendimento de pessoas coinfectadas por TB-HIV

Produzido pela Secretaria Executiva da UNA-SUS, o curso é ofertado pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (SVS/MS). O objetivo é fornecer subsídios para que os profissionais de saúde atendam integralmente, e de forma qualificada, as pessoas coinfectadas por tuberculose e HIV. Para isso, o curso aborda os procedimentos operacionais e as rotinas necessárias para a organização dos serviços que atendem as pessoas coinfectadas.

É composto por quatro atividades educacionais, que abordam desde a realização de exames e acompanhamento clínico, até a definição de fluxos para adoção de medidas para controle de infecção e a oferta de medicamentos.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, a tuberculose é a doença infecciosa que mais mata pessoas com HIV. Por isso, é necessário tratar as doenças de forma conjunta.

 Matrículas: encerradas! 

  Público-alvo: Profissionais de saúde de nível superior, especialmente os que já atuam em serviços que prescrevem ou indicam antirretrovirais para pessoas vivendo com HIV/aids (PVHA).

  Carga horária: 15 horas

Manejo da Coinfecção TB-HIV

Produzido pela Secretaria Executiva da UNA-SUS, o curso é ofertado pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (SVS/MS). O objetivo é fornecer subsídios para que os profissionais de saúde atendam integralmente, e de forma qualificada, as pessoas coinfectadas por tuberculose e HIV. Para isso, o curso aborda tanto aspectos etiológicos, como aspectos psicossociais e clínicos da associação entre as doenças.

É composto por três unidades, que tratam de aspectos de apoio psicossocial e manejo clínico de coinfecção, com foco especial no diagnóstico de tuberculose nas pessoas que tem HIV. A última unidade traz casos clínicos interativos que simulam situações reais.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, a tuberculose é a doença infecciosa que mais mata pessoas com HIV. Por isso, é necessário tratar as doenças de forma conjunta.

 Matrículas: encerradas! 

 Público-alvo: Profissionais de saúde de nível superior, especialmente os que já atuam em serviços que prescrevem ou indicam antirretrovirais para pessoas vivendo com HIV/aids (PVHA).

 Carga horária: 45 horas

 Critérios de certificação: É necessário completar os dois quizzes e os três casos clínicos, obtendo uma nota mínima de 90 pontos

Aperfeiçoamento em Atenção Domiciliar 

O curso de Aperfeiçoamento em Atenção Domiciliar é fruto de parceria entre cinco instituições que integram a Rede UNA-SUS (UFC, UFMG, UFSC, UERJ e UFCSPA) e que produziram cursos que integram o Programa Multicêntrico de Qualificação Profissional em Atenção Domiciliar a Distância.

O aperfeiçoamento é composto por seis módulos: introdução à atenção domiciliar; atenção domiciliar na rede básica de saúde; implantação e gerenciamento de um serviço de atenção domiciliar (SAD); judicialização da saúde na área; abordagem da violência e cuidadores.

Ao final de cada módulo serão realizados seminários online com especialistas que irão ministrar sobre o tema estudado. Os webnários permitirão que os alunos tirem suas dúvidas sobre os conteúdos, além de possibilitar a interação real entre os palestrantes e discentes.

Inscrições fechadas. Nova turma em breve!

Se você já é aluno, clique aqui para acessar o curso

Carga horária: 180 horas

Público-alvo: todas as categorias de profissionais de saúde

Hemograma, Anemia e Linfadenopatia

O curso Hemograma, Anemia e Linfadenopatia, produzido pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UNA-SUS/UFCSPA) aborda o reconhecimento de características fisiológicas e patológicas básicas do funcionamento do tecido sanguíneo e do sistema linfático, bem como suas inter-relações e mensurações quantitativas automatizadas de rotina.

Matrículas: Encerradas

Carga horária: 30 horas

Público-alvo: médicos

Certificação: para se certificar, o aluno deve obter percentual superior a 70% nas avaliações que compõem o módulo.

 

Prevenção e Manejo de Pacientes Oncológicos na Atenção Primária à Saúde

Produzido pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UNA-SUS/UFCSPA), o módulo Prevenção e Manejo de Pacientes Oncológicos na Atenção Primária à Saúde aborda o desenvolvimento e atitude receptiva dos médicos para pacientes que tiveram diagnóstico de câncer e estão em remissão completa após o término do tratamento oncológico. Também trata de questões relativas ao paciente que tem risco de desenvolver efeitos tardios dos tratamentos oncológicos, daqueles com risco de recidiva ou segundo tumor primário ou alto risco de desenvolver câncer. Além disso, revisa os conhecimentos básicos dessa área da medicina para embasar a assistência e capacita a análise de dados epidemiológicos e clínicos para individualizar essa atenção.

Carga horária: 30 horas

Público-alvo: médicos, enfermeiros e dentistas.

Certificação: para se certificar, o aluno deve obter percentual superior a 70% nas avaliações que compõem o módulo

MatrículasEncerradas